Dose certa

Oi queridas! Estava eu lendo minha Marie Claire, afinal, chique é ser inteligente, e na edição atual tem um guia sobre cabelos bem interessante. Aliás, a revista desse mês está inteira bacana e me rendeu várias idéias, inclusive.

Essa parte batizada como “Especial Cabelos” (onde também digo com honra que o médico citado algumas vezes, é o meu dermatologista queridíssimo, Dr. Ademir) está bem legal no sentido de que mostra novas técnicas de cuidados, hidratação, aborda os nutricosméticos, apostas de cabelos para o Verão, idéias lindas de tranças e uma parte bem legal só para as Loiras (Carol?) , além de desmistificar algumas coisas. Dica de leitura, caso você se interesse. O propósito desse post é dividir uma dica que está na revista sobre a quantidade de produtos que devem ser usadas nos cabelos.


Nota: Eu estou morrendo de medo de que esse post se pareça com o programa da Sonia Abrão onde ela fica lendo revistas e jornais o tempo inteiro, mas minha intenção é das melhores, juros!

Eis o trecho:

“Segundo pesquisa da Avon, as brasileiras têm, em casa, pelo menos sete produtos diferentes para cuidar do cabelo. Acontece que, se forem usados de uma só vez ou em excesso, esses itens acabam deixando os fios pesados e sem forma. Aí vai algumas dicas de que quantidade usar com cada produto:
Xampu: Porção do tamanho de uma moeda de 50 centavos.

Condicionador: Uma moeda de 50 centavos ou de um real, dependendo do comprimento.
Mousse: Porção do tamanho de uma bola de tênis. Distribua aos poucos pela raiz e use um pente para espalhar pelo comprimento.
Silicone: Três gotas para fios compridos e duas para os curtos. Após a escova, espere o cabelo esfriar, caso contrário o tratamento pode pesar.

Protetor térmico: Moeda de 50 centavos. Retire o excesso de água antes de espalhar o produto.

Máscara: Moeda de 50 centavos ou de um real, dependendo do comprimento do cabelo.”

Particularmente sempre exagero em tudo, em hidratante, em shampoo e além do desperdício, acho que se atentar a isso realmente pode fazer a diferença. Afinal, o que faz efeito é a qualidade, e não a quantidade né?

Espero que seja útil e que vocês gostem. Beijos, boa noite e até o próximo post!

Camila.
Créditos: Foto Google, e o texto é da revista Marie Claire, Setembro 2010.
Compartilhe
Sobre a Autora:

Carol. Paulista do interior, está em Porto Velho-RO há 05 anos. Advogada, professorade Direito Civil e servidora pública, dá uma de maquiadora amadora nas horas vagas. Ama viajar pelo mundo mas carrega Maracaí e New York no coração. The Wizard of Oz é um dos seus filmes favoritos e não vai nem à esquina sem maquiagem, afinal de básicos e rústicos já bastam os homens.

Comentários

  1. Camila,

    Confesso que shampoo eu exagero mesmo, principalmente na primeira passada. Eu tenho muito cabelo, nem sei se poderia usar esta quantidade sugerida, porque acho que não ia lavar nada! (rs)

    Beijos

  2. kkkkkkkkkkk

    Camila, o melhor do post foi a comparação com a Sônia! Adorei!!!!

    Bjão

    Carina

  3. Dáfni, eu também acho isso em relação ao shampoo, mas vou testar, vou diminuir a quantidade, emulsificar bastante e ver. Acho que meus cabelos tem ficado bem pesados em pouco tempo, pode ser isso né?

    carina…rsrsrs… eu acho muito chato essa mulher ficar lendo revista…será que ela acha que o povo é analfabeto? ou é golpe pra que ninguem compre revista e fique vendo o “pograma” dela?? rsrsrs

    beijos queridas!

  4. Acho que é falta de assunto mesmo, rs!

Comente!

*